FANDOM


Vila do Porto
[[Imagem:|150px|Brasão de Vila do Porto]] [[Imagem:|150px|Bandeira de Vila do Porto]]
Brasão Bandeira
[[Imagem:|Localização de {{{Município}}}]]
Localização
Gentílico:
Mariense
Área:
97,18 km²
Pop. Residente:
5 578 hab. (2001)
Densid. Populacional:
57,39 hab./km²
Eleitores Inscritos:
{{{eleitores}}} hab. (2001)
Número de Freguesias:
5
Fundação / Povoamento:
1470 / {{{povoamento}}}
Grupo:
{{{grupo}}}
Sub-grupo:
{{{sub-grupo}}}
Nome da Ilha:
Ilha de Santa Maria
Ex-distrito:
{{{distrito}}}
Orago:
N. Sra. da Assunção
Feriado Municipal:
24 de Junho
Código Postal:
9580 Vila do Porto
Endereço:
Sede Municipal:
Lg. N. Sra. da Conceição
9580-539 Vila do Porto
Web Site:
www.cm-viladoporto.pt
E-mail:
Correio Eletrónico
geral@cmviladoporto.pt
Municípios dos Açores

Vila do Porto é uma vila dos Açores na Ilha de Santa Maria, sede de freguesia e município do mesmo nome, com uma superfície total de 97,18 Km2 com 5 578 habitantes (Censos 2001). Tem uma densidade populacional de 57,39 Hab./Km2. A área do município corresponde à totalidade da Ilha de Santa Maria.

A freguesia da Vila do Porto possui cerca de 3.000 habitantes. É a mais antiga vila açoriana, fundada entre 1450-1472. O núcleo histórico da vila é formado por duas zonas distintas: a primeira zona, a baixo da Igreja Matriz, mantém o traçado primitivo das suas ruas de cariz medieval; a segunda zona, a mais recente, a cima da Matriz, os casario se desenvolve ao longo de uma rua comprida e espaçosa. Umas das particularidades mais marcantes é o seu povoamento disperso com o seu casario branco, de uma arquitectura popular típica, que ressalta a origem maioritariamente algarvia dos primeiros povoadores. Espalhado pela ilha existe um interessante património arquitetónico e cultural.

São quatro as freguesias do município da Vila do Porto:

Sua História Editar

Foi avistada pelo navegador Diogo de Silves, em 1427. Gonçalo Velho Cabral, cavaleiro da Casa do Infante D. Henrique chegou à Ilha de Santa Maria, em 1432. No ano anterior, acharia apenas os Ilhéus das Formigas. Segundo a tradição, o primeiro desenbarque foi na Praia dos Lobos, junto do lugar dos Anjos.

O povoamento da ilha se iniciou a partir de 1439, marioritariamente com algarvios. O povoado do Porto terá sido fundado por volta de 1450, por Fernão de Quental, numa lomba soalheira entre duas ribeiras (a atual ribeira de São Francisco, antigamente chamada de ribeira Grande, e a ribeira do Sancho), na costa sul da ilha, defronte a uma enseada. Inicialmente, as ilhas eram uma comenda da Ordem de Cristo concedida pelo infante D. Henrique a Gonçalo Velho. Em 1460, era a sede da Capitania-donataria das ilhas de Santa Maria e São Miguel. Foi elevado a vila e sede de município em ano incerto, mas anterior a 1472. Em 1474, foi constituída a Capitania-donataria da Ilha de São Miguel, com sede em Vila Franca do Campo.

Em 1493, Cristóvão Colombo e sua tripulação, desembarcam no lugar dos Anjos, onde mandou celebrar uma missa na Ermida de N. Sra. dos Anjos, em agradecimento no regresso da sua viagem. São temporáriamente detidos pelo substítuto do Capitão-do-Donatário, julgando este que se tratava de um corsário.

Em 1676, piratas mouros ocupam o lugar dos Anjos. Em 1901, recebeu a visita do Rei Carlos I e D. Amélia de Orleães. Em 1908, tornou-se na primeira câmara municipal republicana eleita nos Açores. Em 1944, foi construída a pista da Base Aérea dos EUA. Dois anos depois, em 1946, o destacamento dos EUA muda-se para as Lages, Ilha Terceira, e o Aeroporto de Santa Maria foi aberto ao tráfico aéreo civil.

Os voos inter-ilhas são operados pela SATA Air Açores. Desde 2005, o Aeroporto de Santa Maria passou a dispor de ligações aéreas com Lisboa, com voos operados pela SATA Internacional e TAP - Portugal. No verão, possui ligações marítimas de passageiros e viaturas com Ponta Delgada operados pela Atlanticoline.

A ilha é sede do Centro de Controlo Oceânico, que abrange uma grande extensão do espaço aéreo sobre o Oceano Atlântico, incluindo o arquipélago dos Açores, estendo-se para Sul até à região do arquipélago de Cabo Verde e a Oeste, da região de Nova Iorque. A Agência Espacial Europeia (ESA) instalou no Pico das Flores, uma estação de rastreio de satélites. Funciona junto o Centro de Monitorização do Atlântico Norte.

Jornal O Baluarte.

Monumentos e Museus Editar

A Igreja da N. Sra. da Assunção (Matriz) na Vila do Porto, foi iniciada a sua construção nos finais do século XV. A Igreja da Misericórdia, de construção anterior a 1536, onde se encontra um retábulo da rainha Santa Isabel, e a imagem do Senhor dos Passos, uma das mais bonitas dos Açores.

O Convento de São Francisco, onde se encontra a sede do município, foi inicialmente fundado em 1607. Destruído pelos piratas em 1616, foi reconstruído em 1725 e ampliado em 1822. Anexo a este, existe a Igreja de N. Sra. da Vitória, com um valioso painel de azulejos do século XVII, representando os milagres de Santo António. O Convento de Santo António, edifício do século XVII, onde funcionou a Biblioteca e Arquivo Municipal. O Forte de São Brás edificado do século XVI para defesa da Vila do Porto. No seu interior, merece visita a Capela de N. Sra. da Conceição e o obelisco ao comandante Carvalho Araújo e à tripulação do caça-minas NRP Augusto Castinho.

Na Baía da Praia, freguesia da Almagreira, existe as ruínas do Forte de São João Batista.

Em fevereiro de 1493, Cristóvão Colombo desembarcou no lugar dos Anjos, onde mandou celebrar uma missa na Ermida de N. Sra. dos Anjos, em agradecimento no regresso da sua viagem.

No lugar do Santo Espírito, situa-se o Museu de Santa Maria, que reúne interessantes trabalhos da tecelagem e olaria marienses. A Igreja de N. Sra. da Purificação foi construída no século XVI e ampliada no século XVII. Com uma fachada barroca e campanário azulejado, é o mais belo templo da ilha. Reza a tradição que aqui se celebrou a primeira missa do Culto do Divino Espírito Santo no arquipélago. Pode ver ainda o Parque Florestal das Fontinhas e o Farol de Gonçalo Velho, na Ponta do Castelo.

As igrejas paroquiais de São Pedro (séc. XVII) e Almagreira, a Ermida de N. Sra. do Pilar (séc. XVIII) e a Ermida de N. Sra. de Fátima (1925), são interessantes templos da história religiosa da ilha.

Parque Florestal das Fontinhas, Freguesia do Espírito Santo. Parque Florestal de Valverde, Freguesia da Vila do Porto.

Saiba Mais Editar

Ligações Externas Editar