Enciclopédia Açores XXI
(ok)
 
(ok)
 
Linha 1: Linha 1:
'''Santa Cruz (Lagoa)''' é uma freguesia açoriana do município da [[Lagoa (município)|Lagoa]], [[Ilha de São Miguel]]. Possuí uma superfície total de 14,26 km2 e 3 501 habitantes (Censos 2001), o que corresponde a uma densidade populacional de 245,5 hab./km2.
+
'''Santa Cruz (Lagoa)''' ou '''Santa Cruz da Lagoa''', é uma freguesia açoriana do município da [[Lagoa (município)|Lagoa]], [[Ilha de São Miguel]]. Possuí uma superfície total de 14,26 km2 e 3 501 habitantes (Censos 2001), o que corresponde a uma densidade populacional de 245,5 hab./km2.
   
  +
Em 23 de Abril de [[1522]], foi elevado o lugar da Lagoa [ "Alagoa" ], à categoria de vila e sede de um município do mesmo nome, a sudeste da ilha.
Igreja de Santa Cruz (Matriz), Museu da Lagoa.
 
  +
 
'''Igreja de Santa Cruz''' (Matriz), '''Museu da Lagoa'''.
  +
  +
O '''Forte de Santa Cruz da Lagoa''', já desaparecido, foi erguido para proteção da vila da Lagoa e o porto dos Carneiros, dos frequentes ataques de corsários e piratas.
  +
  +
A '''Bateria de N. Sra. da Conceição de Caloura''', também conhecida como Forte de N. Sra. da Conceição, localiza-se na povoação de Caloura, Município da Lagoa. Foi construido com a dupla função de proteção do porto pesqueiro e do Convento de N. Sra. da Conceição de Caloura, ao sul da ilha, pelo filho de Manuel de Sousa Correia, Capitão-mor da Ribeira Grande, que entrou para a Recolecta em 8 de Junho de [[1751]], ocasião em que tomou o nome de Manuel do Sacramento, assumindo o comando do forte. (Sara Nóia. "Foi na Caloura que tudo começou", Açorianíssima, Junho de 2000, pág. 13-4) Tratava-se de um simples parapeito onde se abriam três canhoneiras. Não há informações sobre a sua artilharia nem sobre o seu paiol, provavelmente no próprio convento. Por ser uma estrutura aberta, não pode ser classificada técnicamente como um forte.

Edição atual desde as 14h02min de 14 de janeiro de 2009

Santa Cruz (Lagoa) ou Santa Cruz da Lagoa, é uma freguesia açoriana do município da Lagoa, Ilha de São Miguel. Possuí uma superfície total de 14,26 km2 e 3 501 habitantes (Censos 2001), o que corresponde a uma densidade populacional de 245,5 hab./km2.

Em 23 de Abril de 1522, foi elevado o lugar da Lagoa [ "Alagoa" ], à categoria de vila e sede de um município do mesmo nome, a sudeste da ilha.

Igreja de Santa Cruz (Matriz), Museu da Lagoa.

O Forte de Santa Cruz da Lagoa, já desaparecido, foi erguido para proteção da vila da Lagoa e o porto dos Carneiros, dos frequentes ataques de corsários e piratas.

A Bateria de N. Sra. da Conceição de Caloura, também conhecida como Forte de N. Sra. da Conceição, localiza-se na povoação de Caloura, Município da Lagoa. Foi construido com a dupla função de proteção do porto pesqueiro e do Convento de N. Sra. da Conceição de Caloura, ao sul da ilha, pelo filho de Manuel de Sousa Correia, Capitão-mor da Ribeira Grande, que entrou para a Recolecta em 8 de Junho de 1751, ocasião em que tomou o nome de Manuel do Sacramento, assumindo o comando do forte. (Sara Nóia. "Foi na Caloura que tudo começou", Açorianíssima, Junho de 2000, pág. 13-4) Tratava-se de um simples parapeito onde se abriam três canhoneiras. Não há informações sobre a sua artilharia nem sobre o seu paiol, provavelmente no próprio convento. Por ser uma estrutura aberta, não pode ser classificada técnicamente como um forte.