FANDOM


O Forte de São Brás, em Ponta Delgada, é o mais importante exemplar de arquitetura militar do século XVI existente na Ilha de São Miguel. Foi a primeira fortificação inteiramente construída em Portugal no estilo abaluartado (escola italianizante).

Julga-se que este forte deve o seu nome ao fato de ter existido uma ermida, consagrada a São Brás, no local onde foi construído. Depois da construção, foi edificada uma nova ermida no seu interior, consagrada a Santa Bárbara, por ser esta da devoção dos primeiros militares que o ocuparam.

A sua construção surgiu da necessidade de fortificar a ilha, pois eram frequentes os ataques dos corsários, especialmente franceses, que eram atraídos pela riqueza das embarcações que aportavam em Ponta Delgada, vindas da Índia e do Brasil.

Mandado construir por D. João III, as obras se iniciaram em 1552, sob a direção dos engenheiros Manuel Machado, Pero de Maéda e Tomaz Benedito. Julga-se que a concepção do forte pertenceu ao célebre engenheiro Isidoro de Almeida, embora os documentos oficiais falem apenas de Manuel Machado, que foi quem deu início às obras.

Em 1575, foi mandada derrubar a torre sineira do Convento de São Francisco, porque dominava o forte ainda em construção, não valendo de nada esta medida, porque, em 1789, os terraços do mesmo convento sobrepunham-se aos parapeitos e praça de armas. Somente em 1580, o forte ficou em estado de poder servir, apesar de não estarem ainda concluídas as obras.

O seu primeiro Alcaide-Mor foi o Conde de Vila Franca, D. Manuel da Câmara, tendo sido o seu primeiro Sargento-Mor João Fernandes do Grado.

O forte sofreu várias alterações desde 1585, que descaraterizaram a sua primitiva arquitetura militar. Atualmente, serve de Quartel-General da Zona Militar dos Açores e alberga o Museu Militar dos Açores.

Saiba Mais Editar

Ligações Externas Editar