FANDOM


O Farol da Ponta do Albernaz, também grafado como Farol da Ponta do Albarnaz, localiza-se na Ponta do Albernaz, Ilha das Flores, nos Açores.

Inaugurado em 1925, é o farol mais ocidental dos Açores (e da Europa). Foi erguido no extremo noroeste da ilha, sobre uma alta falésia, fazendo face à direção de onde provinha a maior parte do tráfego marítimo que demandava aquelas águas. Inicialmente projetado no âmbito do Plano Geral de Alumiamento e Balizagem para a vizinha povoação de Ponta Delgada, foi preterido pela comissão de 1902, encarregada de adaptar o antigo farol às novas de tecnologias de então, a qual propôs que o farol fosse instalado na Ponta do Albarnaz, distante do povoado cerca de 3 km, mas numa posição elevada fronteira à costa oeste, permitindo que o sinal pudesse ser avistado desde o litoral da Ilha do Corvo e em toda a costa noroeste da Ilha das Flores.

Esta decisão não foi pacífica, como pode ser comprovado pela Ata n.º 2 da Comissão mencionada, a qual diz: Foi tal a importância que mereceu à Comissão a iluminação daquele grupo (Ilha das Flores e Ilha do Corvo) que chegou a estudar com a mais desvelada atenção e a discutir, o conjunto das vantagens que poderiam advir à navegação instalando na mesma Ponta do Albernaz um aparelho hiperradiante ... .

No ano de 1922, foi feito um contrato amigável onde se procedeu à expropriação de 5.525 m2 de terreno pela quantia de 3.500$00 (moeda altura), para a implantação do farol. Numa verdadeira proeza de construção, já que não existia acesso por estrada à freguesia de Ponta Delgada e muito menos à Ponta do Albernaz, o Farol da Ponta do Albernaz entrou em funcionamento no dia 28 de Janeiro de 1925. (Eduardo Carvalho Vieira Furtado, Guardiães do Mar dos Açores: uma viagem pelas ilhas do Atlântico, 2005)

Ligações Externas Editar