FANDOM


EPMJMAF

Logotipo da Escola

Historico escola

Fachada da Fundação Maria Isabel do Carmo Medeiros

Monsenhor

Monsenhor João Maurício de Amaral Ferreira

A Escola Profissional Monsenhor João Maurício de Amaral Ferreira(EPMJMAF), comummente designada por Escola Profissional da Povoação, é uma escola do Município de Povoação (Açores), na Ilha de S.Miguel, fundada em 1997.

Missão, Visão e ObjectivosEditar

MissãoEditar

A EPMJMAF tem como missão organizar a formação nos diversos níveis de educação e formação integrados em percursos diversificados de qualificação profissional, com vista a dotar os jovens e adultos que a procuram dos saberes e competências que lhes propiciem uma melhor inserção no mundo do trabalho, devendo também contribuir para a melhoria do nível cultural e educacional da população e para o desenvolvimento da região em que se insere.

VisãoEditar

A EPMJMAF pretende ser uma instituição de referência não só para a região onde se encontra inserida, mas a nível nacional, pela qualidade do modelo de formação que aplica e da defesa de uma cidadania activa, participante e empreendedora.

ObjectivosEditar

  1. Possibilitar a qualificação de jovens através de uma formação profissional adequada;
  2. Facultar aos jovens da Região a escolha de um modelo educativo alternativo ao sistema regular de ensino;
  3. Favorecer a orientação e formação profissional dos jovens;
  4. Contribuir para a formação integral dos jovens, proporcionando-lhes, designadamente, preparação adequada para um exercício profissional qualificado;
  5. Contribuir para a realização pessoal e profissional dos jovens, possibilitando o contacto com o mundo do trabalho e experiência profissional;
  6. Dotar as estruturas concelhias e regionais de quadros intermédios;
  7. Valorizar e potencializar os recursos humanos da região desenvolvendo e reforçando parcerias.
  8. Desenvolver mecanismos de aproximação entre a EPMJMAF e as instituições económicas, profissionais, associativas, sociais e culturais, do respectivo tecido social;
  9. Promover, conjuntamente com outros agentes e instituições locais, a concretização de um projecto de formação de recursos humanos qualificados que responda às necessidades do desenvolvimento integrado do País, particularmente nos âmbitos local e regional;
  10. Facultar aos formandos uma sólida formação geral, científica e tecnológica, capaz de os preparar para a vida activa e para o prosseguimento de estudos;
  11. Facultar aos formandos contactos com o mundo do Trabalho e experiência profissional, preparando-os para uma adequada inserção sócio-profissional;
  12. Incutir e desenvolver nos formandos uma mentalidade empreendedora, com vista a enfrentar positivamente os desafios pessoais e profissionais impostos pelos tempos presente e futuro;
  13. Educar os formandos na cidadania, incutindo-lhes atitudes e valores consentâneos com a sociedade democrática, a solidariedade, o espírito crítico e civismo.


Oferta FormativaEditar

A Escola ministra cursos de formação profissional[1] de nível IV destinados a jovens em idade escolar e cursos do Programa Reactivar, que são uma oferta de dupla formação para adultos que pretendam elevar as suas qualificações. Atualmente (ano letivo 2011/2012) a escola ministra o seguintes cursos:

Cursos de Formação ProfissionalEditar

  • Curso de Técnico de Turismo Ambiental e Rural[1]
  • Curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos[2]
  • Curso de Técnico de Serviços Jurídicos[3]
  • Curso de Técnico de Vendas[4]
  • Curso de Técnico de Higiene e Segurança do Trabalho e Ambiente[5]
  • Curso de Técnico de Apoio à Infância[6]

Cursos do Programa ReactivarEditar

  • Curso de Técnico de Informação e Animação Turística[7]
  • Curso de Empregado(a) de Mesa[8]
  • Curso de Assistente Administrativo[9]
  • Curso de Agente em Geriatria[10]

Número de FormandosEditar

A Escola ministra formação a 172 jovens e adultos conforme a tabela seguinte:

Curso Ano Número de Formandos
Curso de Técnico de Turismo Ambiental e Rural 11
Curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos 13
Curso de Técnico de Serviços Jurídicos 10
Curso de Técnico de Vendas 13
Curso de Técnico de Higiene e Segurança do Trabalho e Ambiente 20
Curso de Técnico de Apoio à Infância 19
Curso de Técnico de Informação e Animação Turística 21
Curso de Empregado(a) de Mesa 25
Curso de Assistente Administrativo 20
Curso de Agente em Geriatria 20

O número de formandos tem vindo a aumentar nos últimos anos, acompanhando a evolução da oferta formativa (de 5 cursos no ano letivo 2009/2010 para 10 cursos no ano letivo 2011/2012).[2]

HistóricoEditar

Propriedade da Fundação Maria Isabel do Carmo Medeiros e, portanto, Estabelecimento de Ensino Privado, a Escola Profissional da Povoação, cujo patrono (Monsenhor João Maurício de Amaral Ferreira), está incondicionalmente associado ao desempenho eclesiástico em ordem a cumprir o preceituado nos Estatutos da Fundação já aludida (objetivos de índole religiosa, assistencial e cultural), surge no ano letivo/formativo 1997 - 98, na sequência do Contrato - Programa celebrado, a 19 de agosto de 1997, entre o Governo da Região Autónoma dos Açores e a Fundação Maria Isabel do Carmo Medeiros. Tutelada no quadro formativo pelas Direções Regionais da Educação, Juventude, Emprego e Formação Profissional, mas com autonomia pedagógica, administrativa e financeira, a Escola Profissional Monsenhor João Maurício de Amaral Ferreira dispõe de um ideário objetivado e claramente definido. Efeito estratégico de adesão a um subsistema de ensino perspetivado para o todo nacional e plataforma de formação de mão-de-obra qualificada, capaz de responder aos desafios que se perfilavam, e perfilam, no espaço europeu (U.E.), por sua vez, com inegáveis repercussões arquipelágicas, o início de atividade formativa, sob a égide desta entidade formadora, decorreu, desde logo, da premente necessidade de aposta no desenvolvimento e consolidação do progresso sustentado no concelho da Povoação. Todavia, com a clara intenção de rejeitar a abordagem redutora da qualificação profissional de recursos humanos, isto é única e exclusivamente reservada aos formandos naturais e/ou residentes no Concelho, a Escola, através do seu elenco diretivo, tem entendido a formação profissional como realidade a proporcionar a qualquer candidato a formando, independentemente do concelho, ilha ou até país. Neste contexto, queremos relevar, porque motivo de satisfação e orgulho institucional, o facto de a Escola, mediante o empenho de toda a população escolar, e, em particular, do corpo docente, ter formado, não só pessoal, entenda-se atitudes e valores (autonomia, responsabilidade, relações interpessoais, assiduidade/pontualidade), mas também profissionalmente, jovens oriundos de Cabo-Verde (Curso de Técnico de Turismo/Profissionais de Informação e Animação Turística), Timor Loro-Sae (Cursos de Técnicos de Informática/Gestão e Construção civil) e Moçambique (Curso de Animador Sociocultural/Assistente de Geriatria).


EstatutosEditar

O aumento e diversificação da oferta formativa levou à actualização dos Estatudos da Escola, que foram alterados no ano de 2011 e publicados no Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores com o número 6/2011 de 8 de Julho.[3].


Evolução da Oferta FormativaEditar

Desde que iniciou a sua actividade formativa, a escola já ministrou 30 cursos, na sua maioria cursos de Formação Profissional ligados às àreas de animação, turismo e ambiente.

Na lista que se apresenta em seguida, constam os cursos que iniciaram a formação, por ano letivo, desde o início da atividade formativa da Escola:

  • Ano letivo 2011/2012
  1. Curso de Técnico de Apoio à Infância
  2. Curso de Técnico de Higiene e Segurança do Trabalho e Ambiente
  3. Curso de Assistente Administrativo
  4. Curso de Agente em Geriatria
  • Ano letivo 2010/2011
  1. Curso de Técnico de Serviços Jurídicos
  2. Curso de Técnico de Vendas
  3. Curso de Técnico de Informação e Animação Turística
  4. Curso de Empregado de Mesa
  • Ano letivo 2009/2010
  1. Curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos
  2. Curso de Técnico de Turismo Ambiental e Rural
  • Ano letivo 2008/2009
  1. Curso de Técnico de Energias Renováveis - Variante de Sistemas Solares
  • Ano letivo 2007/2008
  1. Curso de Técnico de Comunicação, Marketing, Relações Públicas e Publicidade
  2. Curso de Técnico de Gestão do Ambiente
  • Ano letivo 2006/2007
  1. Curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos
  2. Curso de Técnico de Turismo/Profissionais de Informação e Animação Turística
  • Ano letivo 2005/2006
  1. Curso de Técnico de Desenhador/Projectista
  • Ano letivo 2004/2005
  1. Curso de Técnico de Gestão do Ambiente/Recursos Hídricos
  2. Curso de Animador Sociocultural/Assistente de Geriatria
  • Ano letivo 2003/2004
  1. Curso de Técnico de Gestão: Pequenas e Médias Empresas e Cooperativas
  2. Curso de Técnico de Informática/Manutenção de Equipamento
  3. Curso de Empregado(a) de Mesa/Bar
  • Ano letivo 2002/2003
  1. Curso de Técnico de Instalações Eléctricas
  • Ano letivo 2001/2002
  1. Curso de Técnico de Turismo/Profissionais de Informação e Animação Turística
  2. Curso de Empregado(a) de Andares/quartos
  • Ano letivo 2000/2001
  1. Curso de Técnico de Informática de Gestão
  2. Curso de Técnico de Construção Civil
  3. Curso de Técnico de Serviços Jurídicos
  • Ano letivo 1999/2000
  • Ano letivo 1998/1999
  1. Curso de Técnico de Gestão Agrícola
  • Ano letivo 1997/1998
  1. Curso de Técnico de Turismo Ambiental e Rural
  2. Curso de Técnico de Gestão Agrícola


Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. Portal da Educação - DRE, Portal da Educação dos Açores > Alunos > Ensino Profissional > Caracterização do Ensino Profissional.
  2. Portal da Educação - DRE, Portal da Educação dos Açores > Escolas > Estudos.
  3. Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores, Estatutos da EPMJMAF.