FANDOM


A Banda Militar da Zona Militar dos Açores foi criada após a revolução angrense, de 22 de Junho de 1828. A nova organização militar previa a existência de Bandas Militares nas ilhas Terceira e São Miguel, por volta dos anos 60 do Século XIX.

Mais tarde, com a mudança do Comando Militar dos Açores para Ponta Delgada, passou a existir apenas uma Banda Militar, sediada inicialmente no Batalhão Independente de Infantaria n.º 18, extinto Convento de São João, onde hoje se encontra o Teatro Micaelense e, mais tarde, no Forte de São Brás. Atualmente instalada no Aquartelamento de São Gonçalo do Quartel-general da Zona Militar dos Açores. Conta com 38 elementos, sendo chefiada pelo Sargento-mor Joaquim Ribeiro Baginha.

Para além das atividades militares, a Banda Militar da Zona Militar dos Açores insere as suas atuações no âmbito cultural, recreativo e de divulgação do Exército, colaborando com as autoridades e organismos civis na execução de concertos em diferentes locais dos Açores, de que se salienta atuações de caráter didáctico em diversas escolas, contribuindo para o desenvolvimento do gosto da música pelos jovens.

No ano 2000, efetuou gravações de música açoriana e, a convite do Coral São José, participou na gravação de um CD com fins pedagógicos de hinos, símbolos e outras referências, editado com o patrocínio da Secretaria Regional de Educação e Assuntos Sociais.

Saiba Mais Editar

Ligações Externas Editar